Governo Federal propõe redução de até 50% dos salários e jornada de trabalho

0

Em meio à pandemia de Covid-19, a equipe econômica do governo Jair Bolsonaro propôs nesta quarta-feira (18/03) medidas econômicas que incluem a redução proporcional de salários e da jornada de trabalho. As medidas fazem parte de um pacote do governo, que visa minimizar os impactos na economia e potenciais demissões, decorrentes da crise econômica, que será acentuada pela epidemia do coronavírus.

A proposta do governo é permitir até 50% de corte de salário, com redução da jornada de trabalho na mesma proporção, mediante acordo individual com os trabalhadores, informou o secretário de Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Dalcolmo. O governo defendeu maior flexibilidade nas negociações individuais para reduzir os custos para o empregador e supostamente preservar os vínculos empregatícios. Segundo Dalcolmo, do Ministério da Economia, a crise gerada pelo coronavírus provocará um forte choque na economia do país, para todo o setor produtivo, e a flexibilização das negociações entre empregadores e funcionários seria importante para preservar os postos de trabalho.

Também na quarta-feira (18/03), o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou um auxílio mensal de R$ 200,00 a profissionais autônomos que terão sua renda comprometida durante a crise do coronavírus. Receberão o auxílio apenas trabalhadores informais ou desempregados, com mais de 18 anos, que estejam em família de baixa renda pelos critérios do Cadastro Único (CadÚnico). A medida buscaria garantir alguma renda aos trabalhadores que não têm rendimentos fixos.

Fonte: G1

Compartilhe:

Deixe um comentário