‘Divaldo acerta até mesmo quando erra’ – com Alan Maia

1

“As palavras de Divaldo foram absolutamente surpreendentes. Essa talvez seja a única unanimidade neste episódio. Essa foi uma rara ocasião em que uma figura de tamanho destaque no movimento espírita aventurou-se a falar de política.”

O Editor do Manchete Espírita, Alan Maia, repercute as polêmicas declarações de Divaldo Franco no Congresso Espírita de Goiás. Assista.

Compartilhe:

1 Comentário

  1. Renato Mayrink on

    Caro Alan, concordo que foi ótimo para o movimento os equívocos cometidos por Divaldo em Goiás, pois acredito que precisávamos de algo que tirasse o movimento da mesmice. Não sou contra que qualquer espírita emita sua opinião política, mas sou totalmente contra que o faça em um evento espírita, até porque a pergunta era sobre “Ideologia de Gênero”, não respondida em instante algum por Divaldo. Além disso, demonstrou total desconhecimento quanto a um tema que necessita conhecimento para emitir opinião. Ideologia de Gênero nunca existiu, sendo apenas fruto do fanatismo religioso que vem crescendo em nossa sociedade. O ESTUDO DE GÊNERO, assunto científico surgido na Europa e muito bem conduzido no Brasil por estudiosos da USP entre outros, é um estudo sério que demonstra os males que assolam nossa sociedade com base nos preconceitos contra negros, mulheres, homossexuais e todos os outros meios de discriminação. Tratar este assunto como fruto de cultura comunista, demonstrou o total desconhecimento quanto ao assunto, aliás, nenhuma resposta foi dada aquele jovem, perdendo-se uma enorme oportunidade de demonstrar o quanto a doutrina espírita trabalha por uma sociedade igualitária. Foi um pena meu irmão, mas como disse, foi ótimo para o movimento, pois compreendemos que não existe infalibilidade
    em nossa doutrina, mostrou que necessitamos compreender que Divaldo é um homem como qualquer outro, que sua idade avançada, faz com que ele sofra a influência de uma sociedade antiga e preconceituosa. No mais, este episódio, gerou vários estudos em casas espíritas sobre Estudo de Gênero, sendo uma enorme oportunidade de crescimento. Concordo com você, mesmo errando ele acertou!

Deixe um comentário