Datafolha revela preferência atual dos espíritas para presidente

3

A pesquisa Datafolha para presidente da República, divulgada no dia 22 de agosto, mostrou também os números por segmentos (sexo, idade, região, escolaridade, renda e religião). Entre o público entrevistado que se declarou espírita kardecista ou espiritualista, a sondagem captou as seguintes intenções de votos naquela data:

- Espírita Kardecista, espiritualista (cenário com Lula)
Lula: 24%
Jair Bolsonaro: 22%
Marina Silva: 6%
Geraldo Alckmin: 7%
Ciro Gomes: 8%
Alvaro Dias: 8%
João Amoêdo: 5%
Henrique Meirelles: 2%
Guilherme Boulos: 1%
João Goulart Filho: 0%
Eymael: 0%
Cabo Daciolo: -
Vera: -
Em branco/ nulo/ nenhum: 13%
Não sabe: 2%

- Espírita Kardecista, espiritualista (cenário com Haddad)
Jair Bolsonaro: 24%
Marina Silva: 10%
Ciro Gomes: 12%
Geraldo Alckmin: 11%
Alvaro Dias: 10%
João Amoêdo: 5%
Fernando Haddad: 4%
Henrique Meirelles: 1%
Guilherme Boulos: 1%
João Goulart Filho: 0%
Vera: 0%
Cabo Daciolo: -
Eymael: -
Em branco/ nulo/ nenhum: 18%
Não sabe: 3%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: dois pontos percentuais para mais ou para menos
Quem foi ouvido: 8.433 eleitores em 313 municípios
Quando a pesquisa foi feita: de 20 e 21 de agosto de 2018
Registro no TSE: protocolo nº BR‐04023/2018
O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro;
0% significa que o candidato não atingiu 1%; traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado.
* Observação: Em cada um dos segmentos da pesquisa, o posicionamento dos candidatos e os resultados seguem o padrão do relatório do Datafolha.

Compartilhe:

3 Comentários

  1. ANTONIO JOSE DE SOUZA PEREIRA on

    Não é nenhuma novidade o alto índice de eleitores de Bolsonaro no meio espírita. Ao longo do tempo os espíritas do Brasil sempre estiveram ao lado das alas mais conservadoras e reacionárias da política nacional. Estiveram ao lado do golpe de 64, apoiaram os governos da ditadura militar, estiveram ao lado de Collor de Melo, apoiaram os governos tucanos de linha neo liberal, apoiaram Aécio nas últimas eleições e atuaram com muito entusiasmo na derrubada do último governo. Sempre que houver uma proposta reacionária e elitista, lá estarão os espíritas brasileiros, é histórico. A razão disso, de uma forma simplista, talvez esteja na própria composição do movimento espírita brasileiro, onde predomina a classe média, com ampla participação de militares e maçons, todos historicamente reacionários, conservadores e elitistas.

  2. Assustador ver q Bolsonaro tem a preferência entre os Espíritas! Que antagonismo! O homem que despreza a minoria e propaga o ódio sendo a preferência da Doutrina que prega o amor ao próximo!

  3. Estou tentando ser espírita, fiz curso de Espiritismo, trabalhei Centro Espírita sou de esquerda, sempre votei nos partidos de esquerda, devido os ideais, que são iguais aos meus. E fiquei mto decepcionada com mtos espiritas, Dirigentes, que pregam tanto a Paz, Amor, A caridade, elegeram um homem para Presidente, que tem atitudes totalmente contras do Evangelho de Jesus, Doutrina Codificada por Allan Kardec.

Deixe um comentário